Skip to content

A música do Pink Floyd inspirada em ‘O Fim da Infância’

03/05/2010
Você sabia que o lendário grupo sinônimo máximo do rock progressivo e psicodélico, o Pink Floyd, tem uma canção inspirada em um clássico de Arthur C. Clarke? O livro “O Fim da Infância” (ou em inglês, Childhood’s End), publicado originalmente em 1953, serviu para os músicos criarem a canção que leva o nome homônimo.

No livro,  naves espaciais surgem sobre as principais capitais do mundo, revelando um dos grandes mistérios da humanidade: o homem não está sozinho no universo.  David  Gilmour, autor da letra, faz a sua interpretação da obra em passagens admiráveis  como: ‘There’ll be war, there’ll be peace. But everything one day will cease.  All the iron turned to rust; All the proud men turned to dust’ (Haverá guerra e haverá paz. Mas tudo um dia acabará. Todo o ferro ficará enferrujado. Todos os homens orgulhosos virarão pó).
Veja o vídeo abaixo:

Childhood’s End
David Gilmour
You shout in your sleep.
Perhaps the price is just too steep.
Is your conscience at rest
If once put to the test?
You awake with a start
To just the beating of your heart.
Just one man beneath the sky,
Just two ears, just two eyes.
You set sail across the sea
Of long past thoughts and memories.
Childhood’s end, your fantasies
Merge with harsh realities.
And then as the sail is hoist,
You find your eyes are growing moist.
All the fears never voiced
Say you have to make your final choice.
Who are you and who am I
To say we know the reason why?
Some are born; some men die
Beneath one infinite sky.
There’ll be war, there’ll be peace.
But ev’rything one day will cease.
All the iron turned to rust;
All the proud men turned to dust.
And so all things, time will mend.
So this song will end.

Que tal adquirir a obra de Clarke que inspirou a música do Pink Floyd? Basta clicar aqui.
Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 03/05/2010 6:54 pm

    Uma união fantástica! Só uma banda como Pink Floyd poderia traduzir para música a obra genial de Clarke. A inspiração nesta música é óbvia, não coincidência como na “Childhood’s End” do Iron Maiden e do Marillion.

  2. Bruno permalink
    03/05/2010 7:24 pm

    Mais uma vez Arthur C. Clarke é inspiração para o Pink Floyd, assim como tudo que envolve ficção científica. Muitos conceitos numa banda só.

  3. 18/05/2010 1:12 pm

    Não apenas uma ótima música muito inspirada mas também um ótimo álbum cheio de músicas inspiradas. Adoro essa fase do Pink Floyd….

  4. 18/05/2010 2:41 pm

    Esta música está no álbum Obscured by clouds que foi todo feito para ser trilha sonora do filme homônimo (La vallée, no original) de Barbet Schoreder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: